Primeira Viagem de Avião – O que fazer?

Em 2011, 7 milhões de pessoas viajaram de avião pela primeira vez.

E você, já fez sua primeira viagem de avião? Se sim, com certeza deve lembrar da emoção do primeiro pouso e aterrissagem e da sensação de estar pedido em meio aos painéis, pessoas e vozes nos auto-falantes do aeroportos. Agora se você, como esses 7 milhões de brasileiros, vai viver essa experiência pela primeira vez, não pode deixar de conferir as dicas que separamos abaixo.

Como tudo o que fazemos pela primeira vez nos gera milhares de dúvidas e uma certa insegurança, o Viagem na Lata vem trazer algumas dicas para os passageiros de ‘primeiro vôo’. Como a maioria das pessoas que viajam pela primeira vez realizam viagens nacionais (vôos domésticos, como são identificados no aeroporto), vamos deixar as dicas de viagens internacionais para um segundo post ;).

Passagem

Muitas pessoas têm dúvidas a respeito da passagem, quando vão a uma agência ou compram pela internet e tudo o que recebem é uma ‘folha de papel’ com os dados dos vôos. Mas… e a passagem?

Hoje em dia, para a grande maioria dos vôos (todos os nacionais) não existe mais aquela passagem aérea física (que parecia um talão de cheques.. rs). Há algum tempo as companhias aéreas passaram a utilizar o “bilhete eletrônico”. O que é isso? Quando você compra a passagem, seus dados ficam registrados no sistema da companhia aérea e, para embarcar, você só precisa apresentar seu documento de identidade. Porém, recomendamos que você leve o bilhete eletrônico impresso para qualquer eventualidade.

Documentação

Para embarcar é exigido que o passageiro apresente um documento de identidade original, com foto e dentro do prazo de validade. Os documentos aceitos são:

  • RG
  • Carteira de Trabalho
  • Passaporte Nacional
  • Carteira de identidade de conselhos regionais (Ex: OAB, CRM, CREA, etc.)
  • Carteira de habilitação

Menores de 12 anos podem viajar com certidão de nascimento, porém com algumas regras:

  • Acompanhado de parentes (pai, mãe, tios, avós ou irmãos maiores de 18 anos): devem levar, também, um documento que comprove parentesco.
  • Acompanhado de um adulto sem laço de parentesco: devem levar um documento de autorização, firmado em cartório pelo pai, mãe ou responsável legal
  • Desacompanhado: autorização do Juizado da Vara da Infância e da Juventude. É importante verificar as regras da companhia aérea ao adquirir a passagem.

Para maiores de 12 anos e menores de 18 anos não é aceita a apresentação de certidão de nascimento, apenas documento com foto, como:

  • RG
  • Carteira de Trabalho
  • Passaporte Nacional

Bagagem

Em viagens nacionais é permitido levar uma bagagem de mão de até 5 kg e que meça até 115 cm somando altura, largura e comprimento. O que isso quer dizer? Que você pode levar uma mochila ou uma mala pequena que caiba embaixo da poltrona ou no bagageiro. A bagagem de mão é para objetos de uso pessoal ou frágeis, que não podem ser colocadas na bagagem a ser despachada

Na bagagem de mão não é permitido transportar:

  • Líquidos inflamáveis ou corrosivos
  • Objetos cortantes ou perfurantes, tais como: alicates, tesouras, canivetes, etc.
  • Líquidos, pastas ou gel somente podem ser transportados em recipientes de até 100 ml.
  • Medicamentos líquidos podem ser transportados com prescrição médica

Para a bagagem que será despachada são permitidos um total de 23 kg. 11,5 kg para crianças menores de 12 anos.

É importante identificar a bagagem com etiquetas, fitas, ou até mesmo usar malas de cores diferentes, isso pode facilitar na hora de encontrar a bagagem no final da viagem.

Chegando no aeroporto

No dia da viagem é importante chegar no aeroporto com, pelo menos, 1 hora de antecedência para realizar o check in. Isso porque, faltando 40 minutos para o vôo decolar, o check in é encerrado. Isso significa que: você perdeu o vôo!

Chegando no aeroporto, fique atento às placas que indicam a área de embarque e desembarque. Normalmente, a aérea de embarque fica no segundo piso. Na aérea de desembarque, ainda do lado externo do aeroporto, haverá placas indicando os balcões de cada companhia aérea. Isso ajudará a estacionar mais próximo da entrada apropriada.

Check in

Ao entrar no aeroporto, procure o balcão da companhia aérea para realizar check in. No balcão, apresente seu documento e bagagem. A bagagem será pesada, receberá as etiquetas de identificação e o atendente entregará a você o comprovante da bagagem. Guarde-o, pois será necessário caso a bagagem seja extraviada. Você receberá, também, o cartão de embarque (um ticket amarelo) informando o horário (normalmente 30 minutos antes do horário de saída do vôo) e portão de embarque. Aproveite para tirar todas as suas dúvidas a respeito do vôo.

Embarque

Com o cartão de embarque em mãos, vá até a área de embarque. Haverá placas no aeroporto indicando o local correto (Embarque nacional), de acordo com o número do portão. Para acessar a área de embarque será necessário passar pelo detector de metais e as bagagens pelo raio-x, onde serão fiscalizadas pela polícia federal. Evite utilizar sapatos com salto de metal. Cintos, relógios e outros objetos de metal devem ser retirados para passar pelo detector.

Na sala de embarque confira o número do portão informado no cartão com o número informado nos painéis. Haverá televisores em todas as salas informando o portão correto para embarcar e o status do seu vôo. Aguarde próximo ao portão e fique atento aos avisos que serão anunciados pelos auto-falantes. Quando o número do seu vôo for chamado, siga as instruções e aguarde na fila em frente ao portão. Para embarcar você deve apresentar novamente o documento com foto e entregar o cartão de embarque.

No avião

Ao embarcar no avião procure sua poltrona indicada no cartão de embarque. O número corresponde a fileira e a letra ao assento. Por exemplo, se seu assento for 10A significa que você deve se dirigir até a fileira de número 10 e sentar na poltrona A.

Você pode colocar as suas bagagens no compartimento que fica acima das poltronas ou debaixo da poltrona a frente da sua. Exceto se o assento estiver na saída de emergência, nesse caso, você só pode utilizar o compartimento de bagagem.

Fique atento para todas as instruções que serão transmitidas pelos comissários de bordo. Se precisar de alguma coisa, chame um comissário. Basta apertar a campainha no painel acima da poltrona.

Afivele os cintos, relaxe e aproveite o vôo.

Desembarque

Ao aterrissar no destino, aguarde até que os avisos de ‘atar cintos’ sejam apagados para desafivelar os cintos e levantar-se. Tome cuidado ao abrir o compartimento de bagagens, pois, com a movimentação do avião, elas podem ter saído do lugar e cair sobre os passageiros.

Descendo da aeronave, siga até a sala de desembarque para retirar suas bagagens. Não se preocupe, haverá placas indicando o caminho. As bagagens serão colocadas na esteira assim que retiradas do avião. Acima das esteiras haverá um televisor informando o número do vôo e companhia aérea. Localize a esteira correta pelo painel.

Atenção! Confira a etiqueta de bagagem para ter certeza que retirou a mala correta, evitando transtorno com trocas. Caso não encontre sua bagagem, após todas terem sido retiradas da esteira, procure um atendente da companhia aérea com seu comprovante de bagagens em mãos (aquele que recebeu no check in). Ele tomará as providências necessárias para localizá-la.

Outras dicas/informações:

- O clima do avião é mantido pelo ar condicionado que, normalmente costuma ficar frio. Procure vestir uma roupa leve com um agasalho mais quentinho por cima.

- O que é turbulência? Turbulência é quando o avião passa por uma região de estabilidade. O que não significa que o avião vai cair e você está correndo risco, não se preocupe! É recomendado que os passageiros coloquem os cintos, pois, uma vez que o avião pode balançar, pode ser perigoso ficar em pé. É apenas uma medida de segurança.

- A altitude pode causar incômodo aos ouvidos. Chicletes costumam ajudar amenizar o desconforto.

- Algumas companhias aéreas, como Webjet, costumam cobrar pelo serviço de bordo (lanche servido durante o vôo). E o pagamento é somente em dinheiro.

- Os produtos no aeroporto são significativamente mais caros que o comum. Um salgado pode sair por R$ 6,00.

Esperamos que com essas dicas você possa aproveitar o seu primeiro de muitos vôos. E volte aqui para nos contar como foi.

Ainda tem alguma dúvida? Comente aqui embaixo que nós responderemos em seguida. ;)

About these ads

5 comentários em “Primeira Viagem de Avião – O que fazer?

    • Olá, Silvana!
      Quando se viaja em mais de uma pessoa pode-se dividir o peso da bagagem entre as duas pessoas, porém, uma mala não pode exceder o peso de 32 Kg.
      Vocês podem, por exemplo, levar uma mala de 32kg e outra de 9kg.
      Abs.,

    • Olá, Andreia! O tipo de impressão é indiferente. Você pode embarcar levando apenas o seu documento original com foto. Porém, o bilhete eletrônico é importante para que você possa visualizar as informações do seu voo, além de comprovante de compra da passagem.

  1. Olá, eu vou para um congresso e tenho que levar um painel para apresentar. Ele tem 120 cm de altura e 90 cm de largura (aberto), vou levá-lo enrolado. Gostaria de saber como vou levá-lo no avião e se vai ser cobrado algo mais por isso. Obrigada

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s